Chocottone

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010


Eu já falei que AMO minha máquina de pão né?!? A minha é essa aqui e uma das coisas que adoro fazer na bichinha é chocottone. Ô trem bão! E o melhor de tudo é que não dá trabalho praticamente nenhum. Só colocar tudo na máquina e deixar a pobrecita fazendo o pesado.

Ano passado quando comprei minha amiga comecei a participar de uma comunidade no orkut sobre receitas para as panificadoras. Muito legal e cheia de dicas e receitas maravilhosas. Nem uso mais o livrinho que vem na máquina, só pego as dicas no orkut. O pessoal da comunidade criou até um blog para compartilhar as receitas: http://maquinadefazerpao.blogspot.com/

Esse chocottone saiu dessa comunidade. Muita gente já fez e adorou e aqui em casa ele vai ser presença durante o ano todo! Hahahaha! Gorduchice feelings!

Minha mãe já fez receitas de pão da máquina na mão (corajosa!) e disse que funcionou. Eu li alguns comentários dizendo que essa massa é meio molenga, então tem que ter mais disposição ainda pra trabalhar no braço. O lado bom é que exercita né! Seguem as medidas:

01 e 1⁄3 copos de leite com 04 ovos (coloque os ovos e depois complete com leite)
04 colheres de sopa de margarina
01 colher de chá de sal
08 colheres de sopa de açúcar
01 colher de sopa de essência de panetone
04 copos de farinha de trigo especial
03 colheres de chá de fermento biológico seco instantâneo
02 copos de gotas de chocolate (uso chocolate puro meio amargo)

Colocar tudo na cuba da máquina, menos o chocolate. Ligar no ciclo Amassar e deixar completar (na minha dura 01 hora e meia). Depois que cresce e completa o ciclo coloco o chocolate e ligo de novo, como se fosse começar outra vez, só mesmo para misturar o chocolate. Deixo uns 02 ou 03 minutinhos e desligo a máquina. Essa receita inteira pra mim deu três chocottones na forma de 500g ou então 14 mini iguais a esses (forma de 100g). Deixo crescer por mais um tempo em lugar fechado e abafado (costumo ligar o forno por uns 5 minutos, desligo e coloco os bichinhos lá). Depois é só assar e saborear!



A máquina já vem com "equipamentos" de medida - colheres de sopa e chá e copo, que no caso equivale a uma xícara de 240ml.
Eu acho que a grande diferença nesses chocottones é que eu uso chocolate puro e não aqueles fracionados (ou parafinados, como dizem). Fica muito mais gostoso e na hora que sai do forno então ... huuummmm ... o chocolate molinho, parecendo uma trufa! Não é fácil de achar chocolate puro em gotas mas de repente é melhor comprar a barra e picar do que usar chocolate pior né?!? Ah! Eu uso meio amargo, que gosto mais!

Ricota Caseira

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010


Porque eu não vivo só de guloseimas super calóricas né?!?

Na verdade eu achava que fazer queijo em casa era uma coisa de outro mundo mas me surpreendi! Eu tenho tentado evitar porcarias industrializadas e entupidas de conservantes. Tenho dado preferência à alguns produtos orgânicos, comido menos embutidos e mais frutas e legumes. O resultado imediato foram cinco quilos a menos (que não pertenciam ao meu corpo!) e acredito que estou fazendo um investimento em saúde, a longo prazo! 

Quando o negócio é super complicado e requer muito tempo aí fica mais difícil, mas essa ricota é a coisa mais jacu do mundo de se fazer. Aqui em casa já é repeteco e vai ser sempre! Até porque eu adoro fazer pastinhas e patês pra comer com pão sírio (ou árabe, ou torradinhas mesmo!). Já deixo inclusive uma sugestão que é muito gostosa ... amassar um pouco de queijo gorgonzola, misturar na ricota, temperar com azeite, sal, orégano, pimenta e dar liga com um pouco de creme de leite. Rapidinho e bem gostoso!

Bom, para fazer a ricota eu uso 02 litros de leite (integral de saquinho) e 02 colheres de sopa de vinagre branco. Só isso!!!!

Coloque em uma panela (uso inox e não recomendo alumínio) o leite em fogo médio até que ele comece a ficar com cara de que vai ferver. Eu fui no teste mesmo, quando coloquei o dedo e tava beeeeem quentão, quase queimando (seguro né?!?). Nessa hora vc desliga o fogo e coloca o vinagre, mistura um pouquinho e deixa agir por uns 3 minutos. Vão se formar um grumos e eles são sua ricota!!! Retire cuidadosamente com uma escumadeira, deixando escorrer bem. Nessa hora vc pode colocar em um pano bem limpinho pra escorrer todo o soro ou então pode fazer como eu, que gosto da ricota mais macia e deixo mais mole mesmo. Se sobrar leite na panela, esquente de novo, coloque mais uma colher de vinagre e repita o procedimento. Quanto mais seca, mais fácil fica de dar forma na ricota. Como eu não faço questão de enformar, deixo mais macia, guardada em vasília de vidro na geladeira.

Na primeira vez que fiz deixei o leite quase ferver mesmo (deu aquelas bolhinhas na lateral da panela). Aí quando coloquei o vinagre separou bem os grumos e soro, igual ao do creme de leite de lata. Assim só deu pra fazer uma vez e rendeu um pouco menos.

Na segunda vez que fiz não deixei o leite ficar tão quente. Deu pra repetir o procedimento 3 vezes e me rendeu 350 gramas de ricota fresquinha, bem gostosa!!!

Não recomendo temperar tudo porque vc pode usar essa receita para fazer doces também. Eu fiz um cheesecake (próximo post) delicioso com essa receita!

Para terminar vou deixar flores para o final da semana. Estou mega empolgada com meu equipamento fotográfico novo e agora as fotos da comidinhas ficarão bem mais profi.






Torta de Limão com Ganache de Chocolate

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010


Essa é, sem nenhuma dúvida, a melhor torta de limão do mundo!!!! Sério!!!

Bateu uma vontade louca de comer torta de limão por culpa dos meus vizinhos em Cabo Frio, que levaram uma fatia pra mim e outra pra minha mãe. O Alexandre tinha feito no dia e estava deliciosa! E eu, com espírito de gorda toda vida não consegui me contentar só com um pedaço e fiquei pensando na bendita torta. Queria mais! Coisa de gente magra né, dá pra perceber!

Cheguei em BH e nem dei tempo do Luiz me mandar a receita. Fui pra internet e comecei a pesquisar tudo quanto é receita de torta. No final acabei meio misturando várias e deu nisso aí ... A MELHOR TORTA DE LIMÃO DA VIDA!!!



Para a massa eu usei:
200g (um pacote) de Biscoito tipo Maria
3/4 de xícara de Castanha do Pará
05 colheres de sopa bem cheias de manteiga amolecida

Coloquei o biscoito e a castanha toda no processador e deixei até fazer uma farofa grossa, que é pra ficar mais crocante. Em seguida coloquei a manteiga bem amolecida (não líquida!) e pulsei pra incorporar. Não fica uma massa mesmo, fica meio que uma farofa grudadona. Pode ser que precise de um pouquinho mais de manteiga, mas não se desespere, depois a massa vai pegando forma a medida que você for apertando na forma.

Coloquei em forma de fundo removível e fui moldando com as mãos. Depois levei ao forno pré aquecido a 180º por 10 minutos.

Eu tenho duas formas de 18cm de diâmetro e essa receita rendeu uma forrada no fundo e laterais e a outra só fundo - que está guardadinha ali esperando um boa utilidade no final da semana.

Para a Ganache de Chocolate usei:
200g de chocolate amargo (55% cacau)
02 colheres de sopa de creme de leite
02 colheres de sopa de leite (ou pode colocar mais creme de leite)
02 colheres de sopa de conhaque

Derreti o chocolate no microondas e acrescentei os outros ingredientes até ficar um creme bem homogêneo e liso (gostoooooso!). Coloquei essa ganache sobre a massa (já fria) e deixei na geladeira enquanto preparava o recheio de limão.

Para a Mousse de Limão usei:
200ml de sumo de limão (usei Thaiti)
01 lata de leite condensado
01 lata de creme de leite (tirei a quantidade da ganache e usei o restante)
01 envelope de gelatina incolor sem sabor hidratada

Coloquei tudo no liquidificador e deixei bater bem para ficar aerado. A gelatina foi por último, depois que já estava quase no ponto (hidratei em 03 colheres de sopa de água e levei ao microondas por 18 segundos em potência média).
Aí é só colocar por cima da ganache de chocolate, decorar com raspas de limão e/ou chocolate e deixar na geladeira por no mínimo 03 horas para ficar com a consistência ideal.


Comentários:
- A massa dessa torta, com a castanha, é uma coisa fenomenal! Nunca tinha pensado em colocar castanha nesse tipo de torta e confesso que foi ela quem deu o tchan a mais! Maravilhosa!!!
- A combinação chocolate/limão é excelente, mas a massa aceita variações. Vou testar depois com mousse de maracujá e chocolate e depois só limão, purinho mesmo. 
- Essa medida de ganache deu certo para minha torta de 18cm de diâmetro, mas a mousse de limão sobrou e fiz o sacrifício de comer separada. Adapte a receita para o seu tamanho de forma.

No mais é só aproveitar o sabor divino dessa sobremesa!

Risoto de Tomates, Abobrinha e Camarões

domingo, 5 de dezembro de 2010



Semana passada estive no Rio visitando um grande amigo (daqueles antiiiiiigos) e tive o prazer de degustar um risoto bem parecido com este que ele fez para o nosso almoço. Lógico que pra manter a tradição dos nossos almoços da época de estudantes (sem salário e com mesada!) atacamos um frango assado de padaria pra acompanhar. Um crime (exageeeero!) mas que teve gostinho de boas e divertidas lembranças.
Breno fez um risoto improvisado, com arroz comum e sem os camarões, mas eu - que não sei fazer arroz mas sou ótima com risotos -tinha que fazer direitinho né?!? E como fiz ... um dos melhores que já experimentei!

Para começar é importante ter um bom molho de tomates. Eu aboli os molhos prontos da minha cozinha. Criei o hábito de fazer um panelão de molho bem grossinho e saboroso, dividir em várias porções e congelar. Assim tenho sempre molho caseiro e sem conservantes,  para qualquer situação. Masssss, se em todo caso você não tiver e não quiser fazer pode ir de molho industrializado mesmo, tendo consciência de que o sabor não será o mesmo, claro! Se fizer, tenha o cuidado de não processar demais os tomates para obter um molho "pedaçudo" porém bem apurado.

Para fazer esse risoto eu não tenho medidas. Fiz tudo na base do olhômetro e tenho pouquíssima noção das quantidades. Adapte esses ingredientes para a quantidade que desejar:

Azeite extra virgem
Alho socadinho
Cebola picada em pedaços bem miúdos
Arroz Arbóreo
Vinho branco seco
Caldo de legumes (usei caseiro)
Camarões
Molho de tomates
Abobrinha ralada no sentido horizontal
Sal e pimenta do reino
Manteiga
Queijo Parmesão fresco

Para começar refogue o alho no azeite e depois coloque a cebola. Quando estiver dourado acrescente o arroz, misture bem e coloque o vinho. A partir daí prepare o braço porque risoto bom é aquele que não paramos de misturar. Quando o vinho começar a secar vá acrescentando caldo de legumes aos poucos e não pare de misturar até o arroz estar no ponto, al dente. Coloque molho de tomate (não precisa ser muito, só mesmo para dar um sabor e uma corzinha), sal, pimenta e a manteiga. Por último acrescente os camarões (ferventados e temperados com sal), a abobrinha e o queijo parmesão. Sirva decorando com fios de abobrinha e alguns camarões. Delícia demais!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...