Panquecas Americanas com Mirtilos

domingo, 18 de novembro de 2012




Aqui em casa gostamos de fazer algumas estripulias no café da manhã (normalmente em finais de semana). Eu ADORO essas panquecas americanas e AMO mirtilo (vulgo blueberry, que conheci nas minhas temporadas nos EUA e apaixonei). Pra piorar sou alucinada com maple syrup. Só coisa fácil de achar no Brasil né?!? Só que não! rs

Tinha um restinho de maple que minha irmã trouxe do Canadá e milagrosamente achei uns mirtilos com preço digno aqui em BH. Me joguei nas panquecas para animar um feriado chuvoso. Delícia para começar bem o dia, acompanhadas de um bom cappuccino (receita aqui ).
Se não tiver os mirtilos é só fazer as panquecas sem nada. Ficam mais básicas e podem ser servidas acompanhadas de requeijão, manteiga, geleias, mel ...

01 xícara de farinha de trigo
02 colheres de sopa de açúcar 
02 ovos
01 xícara de leite em temperatura ambiente ou morno (mas não quente)
01 colher de sopa de extrato de baunilha (ou 01 rasa de café de essência sintética)
03 colheres de sopa de manteiga derretida (mas não quente)
03 colheres de sopa de fermento em pó
Mirtilos a gosto

Misture primeiro a manteiga com o leite e os ovos. Acrescente o extrato de baunilha, o açúcar e a farinha aos poucos até ficar homogêneo. Por último coloque o fermento em pó e só então os mirtilos.
Coloque pequenas porções em uma frigideira anti aderente. Eu costumo pincelar um pouquinho só de manteiga na primeira "leva". Deixe ficarem um pouco firmes e vire-as com o auxílio de uma espátula para corarem do outro lado. Para duas pessoas faço meia receita e rendem 08 pancakes.

Delícia de café da manhã!!!




Farfalle Trufado com Cogumelos Paris

domingo, 11 de novembro de 2012



Eu ainda sinto o gosto sensacional dessa massa! Não dá pra esquecer, mesmo!!! Tão simples, com tão poucos (e caros!) ingredientes e tãããããão deliciosa!!!

Fui comemorar aniversário de casamento num restaurante italiano maravilhoso aqui em BH e pedimos um prato muito parecido com esse. Tentei reproduzir em casa e o resultado saiu muito melhor do que o esperado! Vale a pena!!! 





Usei:
07 cogumelos Paris de tamanho médio
Azeite
1/2 xícara de vinho branco seco (usei Chardonnay)
2/3 de xícara de creme de leite fresco
03 colheres de café rasas de manteiga trufada
Pimenta do reino moída na hora a gosto
Sal a gosto
Massa suficiente para duas pessoas (não sei o peso que uso)
Sal grosso para temperar a massa

Pra começar o tchan é comprar uma massa de boa qualidade. Faz MUITA diferença!
Coloque 01 litro de água  e 01 colher de sopa cheia de sal grosso para cada 100g de massa. Só coloque quando a água estiver fervendo e observe o tempo de cozimento da embalagem (essa que usei eram 10 minutos). Retire, escorra e reserve.

Numa panela coloque um pouco de azeite para "puxar" os cogumelos, já fatiados. Vá mexendo aos poucos até eles ficarem assim:


Olha a fumacinha subindo!!!

Retire os cogumelos e reserve. Na mesma panela (ainda quente) coloque o vinho e em seguida o creme de leite. Acerte o tempero com sal e pimenta, volte com os cogumelos e por último coloque a manteiga trufada.
Pronto!!! Não precisa de mais nada! Só servir e se deliciar!
MARAVILHOSA!!!! 





Salada de Verão

segunda-feira, 29 de outubro de 2012



Calor de alto verão em plena primavera e a vontade de comer coisas frescas só aumenta!
Aí eu dei uma fuçada na geladeira e inventei essa salada, que modéstia à parte ficou sensacional! Foi um jantar leve e ao mesmo tempo simples mas com cara de fino! rs

Eu coloquei esses ingredientes:
Folhas de alface americana picadas grosseiramente
01 cenoura ralada
04 fatias de presunto cru picado grosseiramente
03 ovos orgânicos/caipiras cozidos
Lascas de queijo parmesão
Croutons
Azeite extra virgem
Orégano
Flor de sal
Pimenta do reino moída na hora

Higienizei as folhas de alface americana, que acho a mais gostosa e com mais durabilidade. Ela fica crocante! Montei tipo uma "caminha", espalhando a alface por toda a travessa. Em seguida espalhei a cenoura ralada. Temperei essa parte regando com um pouco de azeite e polvilhando orégano e um pouquinho de pimenta. Em seguida espalhei uns pedaços do presunto cru e usei um descascador de legumes pra tirar lascas do parmesão. Espalhei também os croutons. Os ovos caipiras (caso dos meus) ou orgânicos tem muito mais sabor e eu quis as gemas com consistência firmes mas não muito duras. Então cozinhei por exatos 09 minutos (coloco quando a água já está fervendo) e ficaram no ponto! Deram um charme extra à salada. Polvilhei flor de sal (pra temperar os ovos) e mais um pouquinho de azeite. Prontinho!!!


Eu AMO molho de mostarda com mel. É de longe o meu preferido e acho tão fácil de fazer que foi ele o escolhido. Só misturar 1/4 de xícara de creme de leite (com iogurte fica mais light mas eu não tinha em casa) com 2 colheres de sopa de mostarda (não precisa ser a Dijon, mas eu gosto de usar a Heinz, que acho a melhor) e 01 colher de sopa de mel. Temperei com um pouquinho de nada de pimenta do reino.
Esse molho é bom provar antes porque pode variar de paladar pra paladar. Quem gosta mais de mostarda, menos de mel ... e assim vai. Mas é MUITO fácil!



Na hora de servir cada um coloca a quantidade que quiser de molho por cima da salada. Fica refrescante, light e é saudável!!! Delícia para esses dias de super calor!


Torta Mousse de Chocolate Amargo

quinta-feira, 18 de outubro de 2012




Eu nunca vi o marido repetir sobremesa 3 vezes! NUNCA! Até o dia que fiz essa torta! rs
Pensa numa coisa fofinha, saborosa ao extremo e sem muito doce ... tá aí!

Confesso que achei a massa meio grossa mas foi por culpa minha (a receita da massa era pra forma maior, de 25cm e eu fiz em uma de 20cm). Mas valeu do mesmo jeito!

Massa:
03 ovos
03 colheres de sopa de açúcar refinado
02 colheres de sopa de farinha de trigo
01 colher de sopa de chocolate em pó (não é achocolatado)

Bater os ovos na batedeira até dobrar de volume. Acrescentar então o açúcar e misturar mais um pouco. Por último colocar delicadamente a farinha e o chocolate. Assar em forma de fundo removível, untada e polvilhada com farinha de trigo (25cm de diâmetro) por aproximadamente 15 a 20 minutos.

Recheio Mousse:
01 caixinha de creme de leite
250g de chocolate amargo (uso 70% cacau)
1/2 envelope de gelatina incolor sem sabor (02 colheres de chá)
03 claras 
04 colheres de sopa de açúcar refinado (se usar outro chocolate diminua para não ficar muito doce)

Derreter o chocolate e o creme de leite, fazendo tipo uma ganache. Acrescentar então a gelatina, devidamente hidratada e dissolvida em 05 colheres de sopa de água (vide instrução do envelope). Bater as claras em ponto de neve e em seguida colocar o açúcar. Misturar delicadamente as claras à mistura de chocolate para incorporar sem perder o aerado. Colocar então na forma, com a massa pronta e fria ao fundo. Deixar na geladeira por no mínimo 04 horas antes de desenformar e servir.

Como o chocolate que uso é muito amargo, fiz uma decoração usando leite condensado, até pra dar mais um pouquinho de doce. Mas isso pode ser feito ou não. Fica legal colocar algumas raspas de chocolate branco por cima também (além da cereja, que eu adoro!).

Não é tão difícil mas é tão deliciosa quanto parece!!!





Soufflé au Chocolat

sexta-feira, 17 de agosto de 2012



Sobremesa ryqueza vem com nome em francês, que é pra combinar com a elegância! A única palavra que encontro pra descrever essa explosão de chocolate é MARAVILHOSO!!! Sem mais!

Mês passado eu tive um "biziu" e passei uns dias no hospital. Aí no meio de tanta ocupação (cof, cof) eu e mommy encontramos tempo pra ver Ana Maria Braga. Eis que essa receita me aparece e mesmo comendo aquela comida gostosa de hospital (cof, cof) eu fiquei salivando. Primeira oportunidade, lá fui eu pra cozinha fazer o bendito e matar a vontade das minhas lumbriguinhas.

Na receita original (você pode ver aqui) tem ainda uma calda, mas achei realmente desnecessário, até pra mim que sou chocólatra. 

Tome nota:

160g de chocolate meio amargo (usei 200g)
04 ovos separados
01 colher de cachaça (usei rum)
1/4 de xícara de açúcar 
Manteiga e açúcar para untar os ramequins

Derreta o chocolate no microondas (de 30 em 30 segundos, potência média) ou em banho maria. Incorpore as gemas e a cachaça (ou rum). Misture até ficar homogêneo (pode ficar com consistência de talhado, meio estranho, mas é assim mesmo). Bata as claras em neve (ponto de chantilly firme) com o açúcar. Coloque 1/3 das claras na mistura de chocolate e mexa com calma. A consistência já vai melhorar. Em seguida acrescente o restante das claras e misture com mais calma ainda, pra não perder o aerado.

Despeje em ramequins untados e polvilhados com açúçar até quase a borda (um dedo a menos). Eu não fiz isso porque os meus são revestidos com material anti aderente, então era desnecessário. Cubra com plástico filme e deixe na geladeira por no mínimo 04 horas. Eu fiz um dia a noite e assei no outro dia na hora do almoço.

Coloque em forno médio (180º) pré aquecido por aproximadamente 15 minutos, dependendo do tamanho do ramequim. O meu é grandão e precisou de uns 05 minutos a mais. Cresce e fica LINDO!!!

Nunca vi marido comer uma sobremesa tão rápido e com uma boca tão boa! Delícia demais!!!!




E tem fotos lindas no blog! Quem quiser ver mais é só acessar: http://elisabarros.com.br/








Carne de Panela com Cerveja Preta

sexta-feira, 3 de agosto de 2012




Eu não sou uma pessoa muito carnívora, mas tem dias que me dá vontade! Essa carne de panela é MUITO gostosa e fácil de fazer, ainda mais agora que eu firmei amizade com a panela de pressão! rs!
E o melhor é que ela vai bem com vários complementos: arroz, batatas ou até no pão francês, num sanduíche no lanche da noite. 

01 kg de patinho (ou outra carne que você preferir)
01 lata de cerveja preta (usei Xingu)
01 xícara de água filtrada
01 colher de amido de milho (se precisar)
01 cebola grande picada
01 pimenta dedo de moça picada (tirei as sementes)
Salsinha picada a gosto

Pra temperar a carne eu usei:
01 colher de sopa de molho inglês
01 colher de mostarda (usei essa aqui)
Pimenta do reino moída na hora
Azeite
Tempero caseiro alho e sal que baste

Tempere a carne uns 20 minutos antes e deixei descansar. Vale lembrar que  o molho não é muito temperado, então capriche na carne pra não ficar sem gosto depois.

Na panela de pressão coloque um fio de óleo para dourar um pouco a cebola e a pimenta dedo de moça. Em seguida coloque  carne e deixe dar uma dourada de leve. Coloque então a cerveja (aos poucos, pra não dar espuma) e a água. Tampe a panela e deixe em fogo alto até começar a pegar pressão. Em seguida coloque no fogo baixo e deixe cozinhar por aproximadamente 45 minutos. Eu nunca forço pra abrir a panela (tem gente que coloca em baixo da água e tal). Morro de medo!!! Então deixo ela desligada quietinha e uns 10 ou 15 minutos depois está pronta para abrir com segurança!
Se ao abrir tiver um caldo muito ralo é só deixar ela ferver mais um pouquinho, com a panela aberta mesmo e se quiser, dissolva o amido de milho num pouquinho desse caldo (frio!) e volte para a panela. Ele vai ficar mais cremoso e com o mesmo gostinho bom!

Depois é só colocar a salsinha ou cebolinha picada por cima!

Essa foi a primeira vez que eu fiz essa carne. Eu e marido adoramos e na próxima vou acrescentar algumas coisas, tipo champignon ou palmito pra complementar. 

Fica bom demais!!!! 



Cookies Duplo de Chocolate

sexta-feira, 20 de julho de 2012



Receitinha super fácil e deliciosa, pra aproveitar o restinho das férias escolares e fazer pra criançada!!!
Na verdade, a base desse cookie é quase sempre a mesma, podendo acrescentar ou mudar algumas coisinhas:

01 ovo inteiro
02 colheres de sopa bem cheias de margarina
02 colheres de sopa de açúcar cristal
02 colheres de sopa de açúcar mascavo
07 colheres de sopa de farinha de trigo (coloque aos poucos)
02 colheres de sopa rasas de chocolate em pó (ou 01 de cacau)
01 colher de sopa de extrato de baunilha (ou 1/2 de café de essência)
01 colher de café rasa de bicarbonato de sódio
120 gramas de chocolate branco picado (usei gotas)

Coloque todos os ingredientes (menos o bicarbonato e o chocolate) em uma tigela e misture até ficar homogêneo. É bom colocar a farinha aos poucos porque a quantidade pode variar (dependendo do tamanho do ovo ou de quão cheias estão as colheres de margarina). Por último salpique o bicarbonato (para espalhar bem na massa) e o chocolate. Misture para incorporar.
Essa massa não é pra ficar em ponto de modelar. Ela pode ficar mais macia, de forma que você coloque as "pelotinhas" sem ter que enrolar perfeitamente.

Coloque em forma untada e polvilhada com farinha de trigo. Leve para assar em forno médio (180º) por aproximadamente 20 ou 25 minutos.

Só isso!!! Não tem segredo nem dificuldade.
Delícia para acompanhar um cafezinho ou chocolate quente nesse friozinho!


Mil Folhas de Baunilha

segunda-feira, 11 de junho de 2012



Eu achava que mil folhas fosse uma coisa mega difícil de fazer. Até que um dia estava com uma massa folhada dando bobeira em casa e resolvi experimentar. Arrependimento enorme de já não ter feito antes, porque é uma coisa tão mas tão besta de fazer  e  fica SUPER DELICIOSA!!!

Usei massa folhada pronta, que já vem cortadinha. Comprei pra fazer um pastel de frango que coloco a receita depois. Ela vem assim:





Fiz o recheio de baunilha antes e deixei na geladeira. Para ele eu usei:

01 lata de leite condensado
1/2 medida da lata com leite integral
02 gemas
03 colheres de sopa de extrato de baunilha ou raspas de 01 fava

Leve todos os ingredientes ao fogão e deixe cozinhar em fogo médio pra baixo até ficar com uma consistência mais cremosa. Se não tiver extrato ou fava de baunilha, pode usar a essência sintética que vende em supermercado. Mas ela não é tão boa e quantidade deve ser de no máximo 01 colher de café. Reserve.

Para o chantilly usei creme de leite fresco e açúcar refinado. Não lembro das medidas, porque fui provando. Eu bati na mão, com um fouet, porque era pouco e não compensava sujar a batedeira. Além disso devo ter perdido umas 24 calorias. rs
Mas se for fazer em quantidade maior é só colocar na batedeira e rapidinho fica pronto.
Deixe na geladeira até a hora que for usar.

Peguei então dois quadradinhos da massa folhada (se não me engano essa embalagem vem com 10). Parti cada um em quatro pedaço mais ou menos do mesmo tamanho (usei aqueles cortadores de pizza). Levei para assar em forma anti aderente por uns 5 minutinhos. É bom prestar atenção porque assa rápido e esse tempo pode variar de forno pra forno.

Aí é só montar:

Massa folhada
Creme de baunilha
Massa folhada
Chantilly
Massa folhada
Creme de baunilha
Massa folhada 
Chantilly

Decore como quiser. Eu coloquei um pouquinho de calda de chocolate, pra dar uma corzinha. Fica legal peneirar açúcar de confeiteiro por cima também, colocar cereja, folhinha de hortelã ... enfim ... use a criatividade e curta essa delícia!!!



               

Agora vou deixar uma prévia das fotos de um ensaio de gestante lindo que estão no meu blog de fotografia.
Para ver a postagem completas é só acessar:





Linguine ao Molho Alfredo com Camarões

sexta-feira, 11 de maio de 2012




Essa massa é de comer de joelhos de tão boa! E o melhor de tudo ... mega fácil de fazer. Suja quase nada, requer poucos ingredientes e é bem rapidinha! Melhor impossível!
Ficou tão boa que no dia seguinte eu fiz de novo! Rs

A inspiração veio daqui. A única coisa que fiz diferente foi colocar uma pitada de noz moscada e aumentar a quantidade de camarões, porque eu gosto muuuuito! Ah! Também fiz o molho na mesma panela que dourei os camarões, pra aproveitar o gostinho.

Para o molho (essa porção serve de 3 a 4 pessoas, depende do apetite):
01 xícara de creme de leite fresco
02 colheres de sopa de manteiga
04 colheres de sopa de queijo parmesão fresco ralado
Sal a gosto
Noz moscada a gosto

Use a quantidade de camarões que você achar necessário. Depende do tamanho dos bichinhos e do tanto que você gosta.

Antes de mais nada prepare os camarões. Eu uso congelado e já expliquei o processo aqui. Dessa vez eu usei somente lemon pepper para temperar. Se não tiver, use sal, pimenta do reino e umas gotinhas de limão.

Coloque água e sal grosso para ferver e em seguida coloque a massa para cozinhar.

Coloque um fio de azeite em uma panela e dê uma dourada nos camarões. É rapidinho, só mesmo para eles ficarem cor de rosa. Reserve e use essa mesma panela para fazer o molho (ficou maravilhoso, com sabor suave!)

Coloque então o creme de leite junto com a manteiga até ferver. Deixe em fogo baixo cozinhando por mais alguns minutos. Em seguida acrescente o queijo parmesão, acerte o sal e coloque uma pitada de noz moscada. Por último coloque os camarões e a massa, já cozida al dente.
Se quiser, acrescente mais parmesão ao prato já pronto.

Está pronta uma massa deliciosa, com cara de "ryqueza" e super fácil de se preparar!
Delícia, delícia!!!





Estrogonofe Especial de Camarões

sexta-feira, 20 de abril de 2012



Aproveitando a vibe marítima que se apossou da minha cozinha, coloco aqui uma das melhores receitas que preparei nos últimos tempos. De comer de joelhos, sério!!! Nunca vi meu marido repetir três vezes (quem o conhece sabe que isso á praticamente impossível!). 
Pela foto você pode achar que isso é só mais um caldinho ... mas não colega! Esse estrogonofe é bom demais da conta!

Bom, mas vamos ao que interessa. O passo a passo hoje tá cheio de fotos! (Estava inspirada!)

Essas medidas servem muito bem quatro pessoas (ou até mais, dependendo dos acompanhamentos):

- 01 lata (400g) de tomates pelados em suco de tomate
- 01 cebola média picada
- 1/2 pimentão pequeno picado
- 01 pimenta dedo de moça picada (eu tiro as sementes)
- 01 colher de sobremesa rasa de açúcar
- 700g de camarões limpos e descascados (pesei congelado)
- 01 caixinha de creme de leite (uso Nestlé, acho o melhor)
- 03 colheres de sopa bem cheias requeijão cremoso (uso Aviação, também o melhor!)
- 01 colher de sopa de amido de milho
- 01 xícara de café de leite
- Salsinha a gosto
- Pimenta do reino a gosto
- Tempero caseiro de alho e sal que baste
- Sal para temperar os camarões
- Azeite que baste


Primeiro pique bem miudinho a cebola, o pimentão e a pimenta.




Coloque bastante azeite numa penela, refogue um temperinho de alho e sal e em seguida acrescente a cebola, o pimentão e a pimenta. Deixe até a cebola ficar douradinha.



Amasse com um garfo os tomates da lata e em seguida coloque o suco, tudo junto. Pode bater no liquidificador também, mas eu queria que ele ficasse mais "pedaçudo".  Fiz isso num prato fundo pra facilitar:




Quando o refogado da panela estiver no ponto, acrescente os tomates com o suco, tudo de uma vez. Misture bem e deixe apurar por aproximadamente 40 minutos. Nesse período é bom mexer de 10 em 10 minutos, e se precisar acrescente um pouquinho de água de cada vez. Pouquinho mesmo, tipo uns 50ml por vez. No final, quando já estiver mais grosso e vermelhinho, acrescente o açúcar pra tirar a acidez. 



Os camarões eu compro congelados. Já vem descascados e sem cabeça, prontos pra usar. Compro maiores mas essa receita vai bem com o que você tiver ou puder comprar. Aí eu faço o seguinte:
Enquanto o molho está apurando, retiro os camarões do congelador e passo em água corrente pra tirar a camada mais grossa de gelo. Depois de uns 20 ou 25 minutos eles estão praticamente descongelados. Tempero então com um pouco de sal e pimenta do reino e deixo descansando. Tem gente que gosta de colocar limão no camarão. Eu acho muito gostoso, mas não achei que limão combinaria com o resto dos ingredientes, então não coloquei.

Assim, quando o molho estiver no ponto, os camarões também estão ... já descongelados e devidamente temperados. É só colocar os bonitinhos na panela e deixar uns 5 minutinhos pra eles pegarem o ponto do cozimento.



Aí é só acrescentar o creme de leite e o requeijão e misturar bem pra incorporar tudo. Coloque salsinha picada a gosto e acerte o tempero conforme o seu paladar. Pode colocar mais sal ou pimenta, depende da necessidade. Pra dar um ponto mais cremoso eu uso o amido de milho. Como é pouco, ele não interfere no sabor. É só dissolvê-lo em um pouco de leite (coloquei as medidas que usei) e acrescentar no estrogonofe. Deixe no fogo baixo mais uns 3 minutos e está pronto!!!

Da próxima vez eu vou experimentar colocar um pouco de leite de coco porque acho que combina bem. Vamos ver no que dá ...

No mais é só servir com o acompanhamento que preferir. Eu servi com batata palha e arroz branquinho, mas com batatas cozidas e temperadas também fica divino! Até com uma massinha ele combina!





Bacalhau Espirituoso do Claude Troisgros

sexta-feira, 13 de abril de 2012




Eu ainda não tenho uma opinião formada sobre essa receita. Mas explico ... eu não gosto muito de bacalhau! Gosto do sabor de longe, suave. AMO bolinho de bacalhau mas nunca vou comer uma bacalhoada, por exemplo. 
Aí eu fui no casamento de uma amiga e comi um negócio de bacalhau que amei. Fiquei com aquilo na cabeça e por coincidência vi essa receita no "Que Marravilha" pouco depois. Resolvi fazer e agora descubro que era exatamente isso que foi servido! Rs
Mas aí vem a questão ...
Fiz essa receita duas vezes. A primeira eu errei na hora de comprar o bacalhau. Fiz as contas com o peso dele congelado e aí já viu ... pesou gelo! Então ficou como eu gosto, bem suave, com gostinho mais leve.
A segunda vez eu caprichei e coloquei bastante bacalhau. Aí eu não gostei, achei muito forte. Em compensação marido amou e comeu praticamente sozinho.

Então a questão é a seguinte: se você gosta muito de bacalhau, faça a receita seguindo as medidas do Claude certinho e lembre de pesar o bacalhau pronto. Se você é como eu, que gosta mais ou menos, faça com menos pro sabor ficar mais suave.

A receita com vídeo do Claude está aqui.

A minha ficou assim:
- 500 g de bacalhau dessalgado (eu compro dessalgado congelado, por isso tem que comprar mais senão pesa gelo)
- 01 litro de leite
- 05 dentes de alho
- Alecrim
- 03 pães de sal (ou pão francês) - usa só o miolo
- 01 cenoura pequena ralada
- 01 cebola média picadinha
- 01 pimenta dedo de moça picadinha
- 04 dentes de alho picadinhos
- Manteiga, farinha de trigo e mostarda Dijon para o molho bachamel
- Sal, pimenta do reino e noz moscada a gosto
- Queijo parmesão a gosto

Primeiro coloque o bacalhau para cozinhar no leite com os dentes de alho(inteiros) e alecrim. Assim que ele estiver quase desmanchando, retire e reserve. Use parte desse leite que ficou para molhar o miolo do pão de sal e deixá-lo bem embebido, fazendo quase um mingau.

Coloque uma quantidade generosa de azeite extra virgem em uma panela e refogue o alho picadinho, a cebola, a pimenta dedo de moça (eu tiro as sementes) e a cenoura ralada. Quando estiver começando a dourar, acrescente o bacalhau em lascas pequenas ou desfiado. Acerte o sal. Em seguida coloque o pão embebido no leite de bacalhau. Reserve.

Faça um molho bechamel. Eu confesso que nessa hora não sigo medidas. Coloco uma boa quantidade de manteiga na panela e douro a farinha de trigo (tudo no olhômetro). Em seguida vou acrescentando o leite quente (aquele leite que cozinhou o bacalhau). Tempero com sal, pimenta e noz moscada. Por último desligo o fogo e coloco uma colher generosa de mostarda Dijon.
O molho é bom que fique mais líquido do que pastoso. A primeira vez deixei ele bem grossinho e aí ficou uma consistência estranha depois que o prato começou a esfriar. Não gostei.
Da segunda  vez não deixei engrossar tanto e achei bem melhor. Manteve a mesma consistência mesmo quando o prato esfriou.



A montagem é o seguinte:
Coloque primeiro o refogado com bacalhau. Em seguida cubra com uma camada generosa do molho bechamel e acrescente bastante queijo parmesão ralado. Leve então para o forno pra gratinar. O Claude fala em 20 minutos mas o meu ficou menos porque coloquei direto no grill do forno. Então com uns 8 minutos ficou pronto.
Sirva com torradas passadas no azeite extra virgem.

Vale a pena experimentar!!!




Franguinho Chinês

terça-feira, 27 de março de 2012



Receitinha express deliciosa e muito, mas muito fácil mesmo! E o melhor ... cheia de coisas saudáveis!!! Legumes e mais legumes! Fico até orgulhosa de ver tanto coisa vitaminada no meu prato! Rs

Não tenho medidas mas não tem erro! Na verdade isso é mais uma dica do que uma receita mesmo. Esse prato aí tem:

- Tirinhas de filé de peito de frango (mas pode colocar carne de boi ou porco também que fica diliça!)
- Abobrinha 
- Pimentão
- Cebola roxa
- Cenoura
- Amendoim (o tchan do franguinho)
tudo cortado em tirinhas bem finas




Eu tempero o frango (quanto antes melhor) com azeite, balsâmico, noz moscada, pimenta do reino, alho e sal. Refogo numa frigideira anti aderente com azeite . Quando ele já estiver no ponto, cozido, coloco os legumes e ele "pegam" o temperinho do frango. Também coloco um pouquinho de açúcar mascavo, que acho que combina muito com comida xing ling.



Depois que os legumes refogaram um pouco eu jogo molho de soja (vulgo shoyo) e deixo eles ficarem num ponto al dente. Eu particularmente não gosto de legume cozido que fica mole, então deixo no ponto em que ainda estão crocantes. Mas isso varia de pessoa pra pessoa ...

Bom, na hora que já está quase no ponto eu coloco um pouco de amendoim torrado. Esse é o pulo do gato nessa mistura! Fica bom demais!!! Dá pra fazer sem o amendoim mas não tem a mesma graça.

É isso!!! Simples, fácil, delicioso e nutritivo!
Se quiser colocar um carboidrato é só cozinhar uma macarrãozinho e misturar que vira um yakisoba. Esse da foto aqui de baixo coloquei macarrão chinês, próprio pra yakisoba mesmo. Ficou bom demais!!!



Pra completar o post eu gostaria de compartilhar meu novo blog, que ficou pronto e está quentinho, saindo do forno! Foi feito com muito carinho e em breve novos ensaios aparecerão por lá, com registro de gente muito bacana!
Espero que gostem!!!

Sanduíche Nordestino

segunda-feira, 19 de março de 2012



Eu ADORO sanduíche e sou daquelas que troca um almoço por um bom sanduba. Mas é sanduíche de verdade, com conteúdo. Não me vem com essas franquias de junk food ... isso eu me orgulho em dizer que não como!
Aí outro dia eu queria uma coisa com "sustança". Fucei a cozinha e fiz isso aqui:


Pãozinho francês 
(dica: eu compro e congelo. Super dá certo! Só deixar em temperatura ambiente umas duas horas e pronto!)


+
Carne de Sol desfiadinha (estava congelada) e alface crespa bem novinha!


Queijo Coalho (tinha aqueles palitinhos pra churrasco)


Cebola Roxa



Isso tudo junto dá um sanduichão mega gostoso e com cara de comida brasileira da gema!

Dei uma fritadinha na carne em um pouco de azeite antes de colocar no pão. Passei o queijo na frigideira bem quente pra ele ficar douradinho por fora e coloquei por cima da carne. Por último dourei a cebola no azeite com um fio de mel pra ela caramelar. Fácil, rápido e delicioso!
Se quiser ainda pode colocar um ovo por cima! Eita!!!





Vou aproveitar pra colocar aqui o flyer de divulgação da promoção que estou fazendo para lançamento do meu novo blog de fotografia. As sessões estão com descontos de até 40%. Vale a pena!
Válido para Belo Horizonte e região do Vale do Aço.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...