Fondue de Queijo

sexta-feira, 14 de junho de 2013


Desde que me entendo por gente eu como fondue no inverno. Minha mãe sempre adorou e todo ano, mesmo não fazendo frio praticamente nenhum no Vale do Aço, lá estávamos nós em volta da panelinha amada! 
Ela sempre comprou essas misturas prontas, que vendem em supermercados. Até aí ok, eu achava super digno. Mas tudo mudou no momento que comi o primeiro fondue na França! Era queijo de verdade, puxando, fazendo aquela casquinha crocante no fundo da panela! Muito, muito amor! Comemos no nosso primeiro dia em Paris e depois voltamos de novo, no mesmo restaurante, de tanto que adoramos. Pra quem estiver indo para a capital francesa, o restaurante se chama Le Saint Severin e está localizado na região do Quartier Latin, onde me hospedei, pertinho da Catedral de Notre-Dame. Super indico!

Enfim, todo esse bla bla bla é pra dizer que nunca mais eu vou fazer fondue de caixinha aqui em casa. Não dá pra comparar, de verdade! Aquela massa aromatizada não chega nem aos pés do creme de queijo e vinho temperado, deliciosamente "puxento". Nhami

Mas vamos ao que interessa. A receita veio daqui e fiz só uma adaptação nos tipos de queijo, já que usei também o Gouda. A Carol tem até um videozinho, que ajuda bastante!

FONDUE DE QUEIJO

200g de queijo Gruyère ralado
200g de queijo Emmenthal ralado
200g de queijo Gouda ralado
02 dentes de alho
02 xícaras de vinho branco seco
03 colheres de sopa de kirsch (usei vodca)
01 colher de sobremesa de amido de milho
Pimenta do reino e noz moscada a gosto
Carne, pães, batatas e legumes para servir

Rale todos os queijos e reserve. Eu sei que esses queijos não são mega fáceis de encontrar em qualquer lugar e que também são mais caros. Eu acho que pode rolar uma substituição de uma parte por um bom queijo prato, mas mussarela não hein gente! Na próxima vez vou colocar um pouquinho de gorgonzola para experimentar.
Fala sério, é muito amor pela bacia de queijo! Hahahaha



Parta o dente de alho e esfregue na panela do fondue e na panela onde vai fazer a mistura. Depois disso amasse (com uma faca mesmo, pressionando) e jogue na panela que vai levar ao fogo. Atenção nessa hora para uma dica preciosa. Para preparar a mistura use uma panela com camada antiaderente. Eu pensei que os queijos já tinham gordura o suficiente e usei uma panela de inox. Gente, gruda muito!!! Resultado: tive que fica mexendo o tempo todo, sem parar. Então fica a dica!

Coloque em fogo de médio para baixo os queijos e o vinho.  Misture um pouco e deixe ir derretendo, mexendo de tempos em tempos. Demora um pouquinho. Depois de uns 15 minutos você verá que já tem bastante líquido. Dilua então o amido de milho da vodca e acrescente à mistura de queijos. Mexa bem e você logo verá que o líquido ficou mais consistente. Deixe mais alguns minutos no fogo (uns 10 minutos) e  tempere a gosto com noz moscada e pimenta do reino moída na hora. Aí é só virar na panela de fondue e colocar o fogo para manter quentinho.
Como eu servi com batatas temperadas e carne (que já estava temperadas), achei desnecessário colocar sal. Mas fica a critério de quem vai comer. 

Mais uma dica: deixe uma colher ou espátula ao lado para misturar de vez em quando. Pode acontecer de começar a agarrar no fundo dependendo da intensidade do fogo. Eu confesso que adorei que o meu grudou porque ficou no fundo aquela casquinha crocante de queijo que eu coloquei no pão no dia seguinte! Hehehe

Para os complementos:

Não acho muita graça em pão, então copiei a ideia dos franceses de servirem batatas (porém as minhas não foram fritas). 

Lavei bem as batatas e parti em pedaços de aproximadamente 2,5 cm. Sequei num pano de prato e coloquei em uma assadeira anti aderente, espalhando bem. Reguei com um fio de azeite (usei aromatizado de alho) e temperei com flor de sal, pimenta do reino, tomilho e orégano desidratados. Levei ao forno (200 graus) por aproximadamente 35 minutos (mexendo duas vezes nesse intervalo). Na última vez que as tirei para mexer, acrescentei uns pedaços de cenoura e dei uma misturada para elas também pegarem os temperos. 
É mais ou menos o mesmo princípio dessas batatas aqui. Só muda o formato e os temperos.

Pratinho saudável - Batatas, cenouras e alface! Hahahaha

Aqui em casa temos uma chapa de ferro fundido que colocamos num suporte igual ao de fondue, com chama. Então levamos essa chapa para a mesa e fazemos pedacinhos de carne grelhados que usamos no fondue de queijo. O único porém é que a carne não pode ter gordura, senão a casa fica toda enfumaçada e engordurada. Mas dá super certo e dessa forma temos um fondue de carne mais saudável (já que pode usar outros molhos também) e variamos os complementos para o de queijo.

A carninha na chapa, ao fundo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...