Tiramisù (com Cream Cheese)

quarta-feira, 17 de julho de 2013



Nem eu entendo como demorei tanto tempo para fazer uma das sobremesas que mais adoro! 
Eu lembro exatamente do primeiro tiramisù que experimentei, em 2000, quando passei uma temporada em Los Angeles. Era dessas sobremesas prontas, da Kirkland, comprada no Costco. Tinha tudo pra ser uma coisa sem graça, mas eu amei. Como não é uma sobremesa muito comum aqui no Brasil, acabava sempre comendo quando viajava. Se tinha tiramisù no cardápio, era essa a minha escolha.
Como o queijo mascarpone sempre foi caríssimo (mesmo!) eu acabava sempre deixando de lado e não tentava fazer. Confesso que até vi algumas receitas com cream cheese, mas tive preconceito e demorei a testar. Burrice minha porque fica muito muito muito MUITO bom! O "mascarpone genérico" cumpre bem o seu papel e vamos combinar que é bem mais acessível né?!?

A base da receita eu tirei daqui e fiz algumas pequenas modificações nas medidas. Sabe o melhor? Rende muito! Eu fiz meia receita e o meu pirex ficou pequeno (20 x 30cm). Acabei ainda fazendo mais duas tigelinhas de sobremesa. Bom que comi mais! rs



TIRAMISÙ (meia receita adaptada):

03 ovos (claras e gemas separadas)
1/2 xícara de açúcar
230g de cream cheese (usei esse, que acho o melhor. O jabá é por conta da minha generosidade)
180 ml de creme de leite fresco gelado
01 e 1/3 xícara de café bem forte (usei 01 colher de sopa de açúcar para adoçar)
02 colheres de rum (usei carta blanca mas acho que o ouro também fica bom) 
400g de biscoito tipo Champagne
Cacau em pó para polvilhar

Comece batendo as claras em neve com metade do açúcar. Reserve.
Bata então as gemas com a outra metade do açúcar até ficar uma mistura bem clarinha e fofa. Nessa hora tem que ter paciência porque se não bater muito vai ficar amarelinho e com gosto de ovo. Então deixe a batedeira trabalhar.
Depois que estiver no ponto (um amarelo bem clarinho mesmo) acrescente o cream cheese. Continue batendo. Quando ficar homogêneo acrescente então o creme de leite fresco e bata mais um tempo. É pra bater mesmo, tem que ter calma. O creme de leite vai fazer a mistura ficar com uma consistência de chantilly. Quando chegar nesse ponto, incorpore delicadamente as claras em neve.
Coloque o rum e o café em uma travessa rasa (ou um prato fundo, aos poucos). Mergulhe os biscoitos nesse café e deixe dos dois lados por no mínimo uns 10 segundos (cada). Quando mais molhadinho mais gostoso - só tendo o cuidado de não deixar o biscoito desmanchar. 

Coloque os biscoitos arrumadinhos lado a lado no fundo de um pirex (ou tigelinhas individuais), cobrindo tudo. Despeje metade do creme e espalhe para ficar uniforme. Faça mais uma camada de biscoito e mais uma de creme. Por cima polvilhe o cacau em pó e leve para gelar por pelo menos três horas antes de servir.

CONSIDERAÇÕES:

- Não adianta substituir o cacau em pó. Faz diferença! Eu fiz as tigelinhas com chocolate em pó para testar e não gostei muito. O cacau é bem melhor. E se quiser pode inclusive polvilhar um pouco na metade, entre as camadas também. 
- Descobri um biscoito tipo Champagne que é uma delícia e com preço muito mais digno que as marcas mais conhecidas. Tem o nome mais brega do mundo mas pode comprar que vale a pena. Chama "Gosto de Amor" (eu disse que o nome é brega!) e aqui em BH encontrei pra vender no Verdemar. Mais uma vez o jabá fica por conta da minha generosidade! rs
- O café tem que ser forte mesmo hein! Café fraco não vai dar gosto. Quem gosta pode inclusive arriscar fazer sem açúcar. Eu coloquei só um pouco porque fiquei com medo de não gostar.
- Essa receita suja pouca vasilha, mas em compensação o segredo é deixar a batedeira trabalhar sem piedade. Se não bater tudo por bastante tempo o creme não dá o ponto certinho.

No mais é só se deliciar! Não achei que ficou devendo nada aos tradicionais feitos de mascarpone. Delícia, delícia, delícia!




12 comentários:

  1. Elisa,
    Dá para substituir a bolacha champanhe por maizena? É que não foi muito fã...
    Abraço,
    Júlia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Júlia, não acho que fica bom com biscoito maizena. Nesse caso é melhor você fazer um bolo tipo pão de ló (que na verdade é o original usado na Itália). O biscoito Champagne fica tipo uma esponja molhadinho e é isso que faz a diferença.

      Excluir
  2. Gente, eu amei de cara o blog só ao ler "FRango e farofa, cozinha democrática!", ao ver as fotos fiquei babando e depois dessa sobremesa então, quero mais nem saber da dieta, vou ser gordinha pra sempre kkkkkkkkkk

    Nunca provei um pão de coco, deve ser maravilhoso!

    Te convido a participar do concurso de receitas que a revista Vida Todo Dia está organizando. Envia até três receitas bem lindas do seu blog até domingo, vai ser um prazer imenso! Uma honra!

    Link do concurso http://revistavidatododia.com/?page_id=2002

    Bjos

    Vivi/Larissa (editora da revista)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vivi e Larissa. Depois vou participar sim. Será um prazer! Bjos

      Excluir
  3. Ei Elisa... nossa tbm amo Tiramusi! nunca pensei que fosse tao fácil fazer! vou tentar aqui em casa com certeza..

    bjaum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamila, não é fácil?!? Eu AMO e depois de descobrir esse agora vou fazer sempre! Depois me conta se ficou bom. Bjos

      Excluir
  4. na minha cidade não é muito fácil achar creme de leite fresco, tem problema se eu trocar pelo creme de leite normal?
    beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que pode sim, mas use o creme de leite de lata, sem o soro que é pra ficar mais consistente. Não testei porque sempre tenho o fresco na geladeira mas acho que deve dar certo sim. Se fizer depois volta pra contar que posso colocar a dica para ajudar outras pessoas. Beijos

      Excluir
  5. Oi Elisa conhecei teu blog através do blog da Rosângela, gostei muito do teu cantinho e voltarei sempre bjs !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sol, seja bem vinda! Será um prazer te ter por aqui.
      Beijos

      Excluir
  6. fiz essa receita à risca e não deu certo. achei q não peguei o ponto do chantilly. fui pesquisar e descobri o que deu errado: o creme de leite nem o cream cheese estavam gelados! detalhe importantíssimo que não foi citado no texto. vale a pena editar e adicionar essa informação na área de considerações, ein elisa! #ficadica
    no mais, parabéns pelo blog. certamente farei várias receita daqui :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manel, o cream cheese eu só uso em temperatura ambiente. O creme de leite fresco, para dar ponto de chantilly, tem sempre que estar gelado. Na embalagem do que eu compro inclusive vem escrito isso. Mas de qualquer forma vou adicionar no texto. Fiz de novo essa receita para o Natal e foi sucesso! :)
      Um abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...