Torta de Salada e Panqueca

segunda-feira, 30 de setembro de 2013


Nem só de gordices ultra calóricas vive a minha pessoa!
E com o clima esquentando, a tendência é tentar fazer comidinhas mais leves e frescas, preferencialmente geladas. 

Essa torta é uma delícia e muito versátil. Serve para um almoço, como entrada, como lanche ...
É a cara do verão que vem por aí (porque aqui em BH a primavera chegou como verão! rs)

O ideal é ser feita com um pouquinho de antecedência para que fique umas duas horas na geladeira. Quanto mais fria, mais saborosa. Além disso, os temperos da salada "pegam" mais gosto. E cada um pode adaptar à sua maneira, mantendo o formato e a praticidade. Acho muito, muito, muito gostosa!!!

TORTA DE SALADA E PANQUECA


Para as Panquecas:
02  xícaras de leite
02 ovos
10 colheres de sopa cheias de farinha de trigo
02 colheres de sopa de queijo parmesão

Bata todos os ingredientes no liquidificador e deixe descansar por uns 20 minutos. Bata mais um pouquinho na hora em que for usar. Unte uma frigideira anti aderente com duas gotinhas de óleo (eu uso um pincel para espalhar) e despeje massa o suficiente para cobrir o fundo. Vá girando a frigideira para a massa espalhar e ficar fininha. Faça as panquecas e reserve. Essa receita rende uns 08 a 09 discos de aproximadamente 25cm de diâmetro.

Para a Salada:

01 pé de alface crespa (ou outra de sua preferência) picada grosseiramente
02 tomates cortados em cubinhos bem pequenos
01 cenoura bem grande ralada
01 maça picadinha (pode substituir por passas ou abacaxi)
½ xícara de ervilhas (uso a congelada)
½ lata de milho verde
Azeite, maionese, mostarda e creme de leite a gosto
Temperos a gosto (orégano, sal, pimenta ...)
Frango desfiado, presunto picadinho ou atum (opcional)

Junte todos os ingredientes numa bowl e tempere com azeite, orégano, sal e pimenta. Eu normalmente coloco uma colher de mostarda Dijon, umas 04 colheres de creme de leite e duas de maionese para dar “liga”. Misture com cuidado para não soltar muito líquido pois a salada deve ficar cremosa e não líquida.
Para essa salada os ingredientes podem variar. Eu faço assim e acho ótimo! As vezes não uso nenhum tipo de carne e fica deliciosa da mesma forma. Pode-se colocar azeitonas, pimentão, etc. Depende do gosto de quem vai fazer/comer.

Montando a Torta:

Coloque num prato de servir um disco de panqueca. Espalhe uma colher de café da catchup de boa qualidade e por cima espalhe a salada (como na foto). 



Coloque por cima outro disco de panqueca e repita a operação até que fique na altura que quiser. Leve à geladeira por pelo menos 02 horas para gelar.

Perfeita!!!!






Enroladinho de Banana, Presunto e Queijo

terça-feira, 24 de setembro de 2013


Sabe quando as bananas vão sendo esquecidas na fruteira e começam a querer estragar. Pois é! Não deixe isso acontecer!!! Esse enroladinho de banana é a coisa mais fácil e deliciosa que se pode fazer com elas!

E a cara de rykeza??? Parece até prato sofisticado! Só servir com uma saladinha, arroz e/ou batata palha e é sucesso garantido!!!

Essa medida é para duas pessoas:

ENROLADINHO DE BANANA, PRESUNTO E QUEIJO

04 bananas maduras (Prata ou Caturra, depende da que tiver em casa)
08 fatias de presunto magro
08 fatias de queijo mussarela
Parmesão e orégano a gosto

Parta as bananas ao meio, no sentido do comprimento. Coloque então uma fatia de presunto, uma fatia de queijo por cima e então a banana. Enrole. O importante é o presunto ficar por fora.

MOLHO BECHAMEL

01 colher de sopa de manteiga
½ cebola média bem picadinha
01 colher de sobremesa rasa de farinha de trigo
500ml de leite (ou um pouco mais)
Pimenta, sal e noz moscada a gosto


Doure a cebola na manteiga até ficar bem amolecida. Coloque a farinha de trigo e misture bem, deixando cozinhar por aproximadamente 1 ou 2 minutos. Coloque um pouquinho do leite e misture rapidamente. Em seguida coloque o restante do leite e mexa até levantar fervura. Tempere a gosto.

Arrume uma assadeira ou pirex, colocando um pouco de molho no fundo, os rolinhos um ao lado do outro e o restante do molho por cima. Espalhe bastante queijo parmesão e polvilhe orégano. Leve ao forno por aproximadamente 25 minutos ou até gratinar.

Só isso!!! Não é muito fácil?!?



Mojito

sexta-feira, 20 de setembro de 2013


Sexta é dia de biritar! E pra mim, que não bebo cerveja, a variação fica sempre entre vinhos ou coquetéis.
Mojito é de longe meu drink preferido! Amo o sabor de hortelã misturado com o cítrico do limão. É refrescante, delicioso e muito fácil de fazer! Ideal para o clima caliente do Brasil.

MOJITO

1/2 limão partido em quatro pedaços (se estiver pequeno use um inteiro)
01 e 1/2 dose de rum carta blanca
01 colher de sopa de açúcar
05 pedras de gelo
Folhas de hortelã a gosto (eu uso bastante porque adoro!)
Água tônica de quinino para completar o copo

Essas medidas são para um copo de long drink. Se o copo for menor, diminua a quantidade de gelo para ver o que vai caber.
Coloque tudo na coqueteleira (menos a água tônica) e agite bem. Bem mesmo!!! Quanto mais macerados o hortelã e o limão ficarem, mais gostosa fica a birita! rs
Depois vire em um copo e preencha o restante com água tônica.
Eu costumo deixar a água tônica bem geladinha do lado e vou bebendo e completando aos poucos.

Delicia, delícia, delícia!!! E viva Cuba!




Bolo de Cenoura com Cobertura Açucarada de Chocolate

segunda-feira, 16 de setembro de 2013


Existem coisas que simplesmente tem gostinho de infância, não é? Pra mim, uma dessas coisas é bolo de cenoura. Minha mãe fazia sempre e todo mundo adorava!

Eu acho que bolo de cenoura é tipo pudim de leite condensado - praticamente todas as famílias tem uma receita por aí. Eu tenho a minha (que é da minha mãe, na verdade. rs) e custei a adaptar para as quantidades que preciso, já que aqui em casa somos dois e minha mãe sempre fazia um bolão, para várias boquinhas nervosas.

Outra coisa que demorei anos para achar foi uma receita de cobertura que ficasse igual a da minha infância, já que minha mãe fazia de cor e não lembra mais as medidas. Testei várias até que achei esse ponto, perfeito! Fica doce na medida, dá aquele craquelado charmoso e um sabor de chocolate que combina perfeitamente com o bolo delicioso!

Como bolo de cenoura é daqueles que vive dando errado (já vi muita gente reclamando! Eu mesma custei a acertar) vou colocar aqui as medidas adaptadas para o meu tamanho de forma.

BOLO DE CENOURA

03 cenouras grandes picadas
1/8 de xícara de óleo de canola
01 colher de sopa de margarina
03 ovos grandes 
01 e 1/2 xícara de farinha de trigo
01 e 1/2 xícara de açúcar cristal
01 colher de sopa bem cheia de fermento em pó
01 pitada de sal

Comece batendo no liquidificador os ovos, a margarina, o óleo e aproximadamente 1/3 das cenouras. Vá colocando o restante da cenoura aos poucos, deixando bater bem até ficar homogêneo. Numa tigela, misture o açúcar com a farinha e o sal. Despeje então a mistura de cenoura nessa tigela e misture bem, até ficar uma massa lisinha. Por último coloque o fermento em pó.
Leve para assar em uma forma untada e polvilhada com farinha de trigo (forno a 180º) por aproximadamente 35 minutos. A minha forma (que dá certinho para essas medidas) tem 24 x 29 cm e 05 cm de altura. Fica perfeito!

COBERTURA DE CHOCOLATE AÇUCARADA

1/2 xícara de açúcar cristal
1/4 de xícara de chocolate em pó (não é achocolatado!!!)
1/8 de xícara de leite
01 pitada generosa de sal
02 colheres de sopa rasas de manteiga (não é margarina!!!)

Coloque todos os ingredientes em uma panelinha e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até levantar fervura. Depois pare de mexer e deixe mais uns 40 segundos, ainda em fogo baixo. Desligue o fogo e misture uns dois minutos só mesmo para ela encorpar um pouquinho. Despeje no bolo (de morno pra frio) e espere alguns minutos para ela endurecer e formar aqueles craquelados açucarados deliciosos!!!

Mais confort food impossível não é?!?


Pizza de Figos Roxos e Parma

quarta-feira, 11 de setembro de 2013


Essa é mais uma daquelas dicas. Nem pode ser chamada de receita porque é tão, mas tão fácil, que perde até a graça. rs 

Não é fácil achar figos roxos para comprar. As vezes a gente até acha, mas por um preço que não tenho coragem! Mas aí outro dia entrei em um sacolão diferente, voltando de uma sessão de fotos e encontrei figos por um preço super digno. Não pensei duas vezes e comprei! Ficaram lindos (e deliciosos) na pizza!

A base é a mesma dessa pizza aqui - wrap. Então já viu que é fácil fazer né?

PIZZA DE FIGOS ROXOS E PARMA

01 massa de wrap (usei integral)
01 e 1/2 colher de sopa de molho de tomate (ensinei aqui)
02 fatias de queijo mussarela (ou o quanto baste dele ralado)
04 fatias de presunto cru
01 figo roxo fatiado
Orégano, azeite e manjericão a gosto

Espalhe o molho de tomate na massa e cubra com o queijo. Eu gosto de "rasgar" as fatias de parma, para garantir que cubram a pizza toda. Em seguida é só colocar os figos fatiados (parto ao meio, depois ao meio e ao meio de novo. rs). Esfrego o orégano com as pontas do dedos (para soltar mais o aroma) e rego com um pouquinho de azeite. Levo ao forno pré aquecido (200º) por uns cinco minutinhos e coloco o manjericão depois que tirar do forno.

Deliciosa e com cara de ryka! O sabor marcante do presunto cru com o figo fica sensacional!

Torta de Sorvete com Suspiro

segunda-feira, 9 de setembro de 2013


Estou sumida né? Muita correria, trabalho e falta de inspiração na cozinha (e pra escrever) dá nisso.  Mas vou tentar ser mais assídua e voltar a atualizar esse cantinho.

Antes de mais nada eu gostaria de expressar aqui o meu profundo desprezo por certas pessoas que roubam o trabalho da gente na cara dura e usam como sendo seus. Na semana passada, avisada pela querida Katia Bonfadini eu descobri que a minha foto da Torta de Limão e Chocolate foi roubada. A pessoa se deu ao trabalho de tirar a minha marca e usar como sendo dela, pra ilustrar uma receita própria (muito ordinária, diga-se de passagem). Não sendo suficiente, uma outra empresa "catou" a foto alterada, já sem a marca, e usou no seu portfólio online, para ilustrar um cartão de visitas de uma pessoa tão ordinária quanto. Em suma, foi um roubo do roubo da minha imagem! 
Não vou divulgar aqui quem fez isso porque não quero dar ibope para essas pessoas. Mas deixo aqui minha indignação! É triste ver que tem gente que não tem competência para executar o próprio trabalho e precisa roubar as coisas dos outros. Gente assim nunca vai ser feliz nem realizada, porque no fundo sabe da própria incompetência, mesmo que tente fazer o mundo acreditar em seu talento inexistente. 
#prontofalei

Enfim, vamos seguir em frente e mostrar coisa boa.

Como boa viciada em programas de culinária, fiz essa torta logo que o Nigelíssima foi ao ar. Só demorei a colocar aqui, mas fiz a um tempão e ainda suspiro ao ver essas fotos.
É MUITO fácil e rápida! E fala sério se não tem a cara da riqueza essa sobremesa?!?
Eu alterei um pouco as medidas, mas quem quiser ver o vídeo da Nigella é só clicar aqui.

TORTA DE SORVETE COM SUSPIRO

350ml de creme de leite fresco (teor de gordura mínimo de 35%)
02 colheres de sopa de rum carta blanca
100g de chocolate amargo (usei gotas da Callebaut 54% cacau)
150g de suspiros sem sabor
Morangos ou outras frutas vermelhas a gosto

Para a Calda

150ml de creme de leite fresco
70g de chocolate amargo
01 colher de sopa de rum


Bata o creme de leite até o ponto de chantilly bem firme. Acrescente o rum e bata mais um pouquinho (o rum impede que ele congele, então é importantíssimo na receita). Coloque então o chocolate picado ou raspado, bem frio (no meu caso coloquei as gotas picadas grosseiramente). Por último, acrescente os suspiros em pedaços. É só amassa-los com as mãos e eles meio que se esfarelam. Não precisa ser super picadinho não. Pode deixar os pedaços grosseiros.  

Cubra o fundo e as laterais de uma forma de bolo inglês com plástico filme, deixando pedaços nas bordas para facilitar na hora de desenformar ( a minha tem 10 x 24cm). Despeje a mistura, alise, cubra com mais um pedaço de plástico filme e leve ao congelador de um dia para o outro.

Para fazer a calda é só derreter o chocolate (em banho maria ou no microondas), colocar o creme de leite e por último o rum. É bem simples e não tem erro. Ela pode ser usada em várias outras receitas e dura bastante na geladeira.

Na hora de servir, desenforme a tora e parta as fatias. Coloque as frutas (usei só morangos) e sirva com a calda (fria) a gosto.
Fica um espetáculo de gostosura!!!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...